Linhas de Pesquisa

Linhas de Pesquisa

Linha 1 – Formação de Professores, Educação Inclusiva e Subjetividade

A presente Linha de Pesquisa tem como foco investigar o campo da formação de professores e as práticas docentes buscando uma interpelação crítica dos modelos vigentes que excluem o papel da subjetividade nos processos de ensino e aprendizagem. Levar em consideração a heterogeneidade e diversidade dos alunos, em uma perspectiva de escola inclusiva, impõe novos desafios aos professores e, portanto, o processo formativo deverá ser estudado para além do domínio teórico-conceitual.  Os temas principais que compõem a linha de pesquisa são: formação inicial e continuada de professores, educação inclusiva, escolarização de crianças com TEA (Transtornos do Espectro Autista), relação com o saber, problematização do fracasso escolar, dificuldades de aprendizagem, preconceito e racismo, psicopatologização e medicalização no cotidiano.

 

Linha 2 – Subjetividade, Educação Escolar e Políticas Educacionais

 

Essa linha retrata os estudos de um grupo de pesquisadores e educadores que têm investigado as condições de possibilidade da educação e gestão democrática na escola moderna e contemporânea, a partir do aporte teórico da

Psicanálise e de fundamentos filosóficos e históricos da educação e da pedagogia. Recorre ao conceito de relação subjetiva com o saber por parte de professores e de alunos e ao de transmissão de conhecimentos públicos. Interpela os discursos político-pedagógicos na cultura contemporânea e sua instrumentalização dessubjetivante. Tal escopo de pesquisa tem sido investigado por educadores, psicanalistas e intelectuais no Brasil, na Argentina e na França, nas últimas décadas. Desse modo, propõe-se contribuir com a produção de conhecimento em rede, tendo em comum a reflexão em torno dos processos de constituição subjetiva na contemporaneidade, buscando compreender a dimensão do educar e da educação a partir da modernidade bem como refletir sobre estratégias e intervenções possíveis na escola pública brasileira.