Novos Espaços Escolares: Inclusão, Inovação e Sustentabilidade

Novos Espaços Escolares: Inclusão, Inovação e Sustentabilidade

Líder(es) do grupo:

Camila Dias dos Santos Forcellini

Antonio Carlos da Silva

Área predominante:

Ciências Sociais Aplicadas; Arquitetura e Urbanismo

Objetivo:

A proposta para Grupo de Pesquisa Interdisciplinar visa o desenvolvimento de protótipos de espaço(s) e equipamento(s) escolares salutares, de caráter lúdico e/ou para o desenvolvimento esportivo, utilizando estratégias de desenho inclusivo, novos materiais e técnicas construtivas, privilegiando a vivência com a natureza e conduzindo à estratégias de educação ambiental. A facilidade para a operação e manutenção de tais instalações, considerando as fases de desenvolvimento da criança, bem como os exercícios e práticas necessárias para estas alcançarem os estágios mínimos de saúde física e mental, são objetivos específicos que serão desenvolvidos ao longo do projeto, por meio do conhecimento dos pesquisadores alocados nas diversas áreas do conhecimento privilegiadas pela temática do grupo.

Linhas de Pesquisa:

Arquitetura Esportiva no Brasil: Planejamento e Projeto: Levantar, analisar e propor as melhores práticas para o planejamento, projeto, operação e manutenção das áreas e equipamentos destinados à prática esportiva.

Cultura, Cidade e Patrimônio: Levantar, divulgar e discutir o patrimônio histórico construído e seu contexto cultural na cidade; pesquisar e elaborar estratégias de intervenção em edificações e sítios históricos, objetivando sua recuperação e salvaguarda; levantar, divulgar e discutir sobre o patrimônio cultural urbano material e imaterial. 

Educação Ambiental: Biologia, Diversidade, Espécies Nativas, Sustentabilidade.

Espaços e equipamentos esportivos: Levantar, divulgar e discutir os espaços e instalações esportivas contemporâneos; pesquisar sobre configurações espaciais e de desenho das atuais edificações esportivas; propor novas estratégias arquitetônicas e de design para espaços e instalações esportivas escolares; discutir a importância da Arquitetura Esportiva brasileira, moderna e contemporânea, no fomento e na história do esporte nacional.

Novas tecnologias construtivas: Aprimorar o uso de novos materiais por meio das novas premissas construtivas, envolvendo o design, o projeto arquitetônico e o desenho industrial.

Sustentabilidade em arquitetura e urbanismo: Novas tecnologias construtivas e renováveis; sustentabilidade das construções; reciclagem na Construção Civil.

Artigos publicados na Revista da Universidade Ibirapuera:

Tema: Novos espaços escolares: a busca por inovação, inclusão e sustentabilidade

Resumo: O artigo apresenta a pesquisa em desenvolvimento do grupo de estudos “Novos Espaços Escolares: Inovação, Inclusão e Sustentabilidade”, que visa o desenvolvimento de protótipos de espaço (s) e equipamento (s) escolares salutares, de caráter lúdico e também para o desenvolvimento sócio esportivo, utilizando estratégias de desenho inclusivo, novos materiais e técnicas construtivas, além de privilegiar a vivência com a natureza, por meio de estratégias para a educação ambiental. A facilidade para a operação e manutenção de tais instalações, considerando as fases de desenvolvimento da criança, bem como os exercícios e práticas necessárias para estas alcançarem os estágios mínimos de saúde física e mental, além da interação social, focando na percepção espacial individual e com o respeito ao indivíduo, ao espaço construído e ao meio ambiente, são objetivos específicos que vêm sendo desenvolvidos ao longo do projeto, por meio de pesquisas realizadas pelos integrantes do grupo, alocados nas diversas áreas do conhecimento privilegiadas pela temática do estudo, cujos primeiros resultados e discussões apresentados neste trabalho focam especificamente em: Educação Ativa e sua relação com espaço construído, uso de materiais visando a integridade física e a segurança sanitária nas escolas e a Educação Ambiental, por meio da compreensão do ciclo da vida através das sementes.

Link: http://seer.unib.br/index.php/rev/article/view/135#

Tema: Complexidade e necessidade de intervenção no patrimônio histórico construído: um dossiê sobre a escola de meninos da Vila Maria Zélia

Resumo: O artigo apresenta um levantamento, em forma de dossiê, sobre as condições do antigo edifício que abrigava a Escola de Meninos, na Vila Maria Zélia, em São Paulo. Tal documento é parte fundamental das propostas de pesquisa do grupo de estudos “Novos Espaços Escolares: Inovação, Inclusão e Sustentabilidade”, que visa o desenvolvimento de protótipos de espaço (s) e equipamento(s) escolares salutares, de caráter lúdico e também para o desenvolvimento sócio esportivo, utilizando estratégias de desenho inclusivo, novos materiais e técnicas construtivas, além de privilegiar a vivência com a natureza, por meio de estratégias para a educação ambiental. O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados do levantamento, averiguando quais são as condicionantes quanto ao valor histórico, social e construtivo, e demonstrando a viabilidade e a relevância de se trabalhar com uma edificação existente, subutilizada, em estado de degradação e com restrições construtivas, salientando o caráter sustentável e tecnológico dos estudos e das propostas experimentais do grupo de pesquisa.

Link: http://seer.unib.br/index.php/rev/article/view/177

Contato:

camila.forcellini@ibirapuera.edu.br

Link:

dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5130249366734753