CPA

CPA

O QUE É A CPA?

Faça o download do 1º Relatório Parcial – 2018 (20º edição) 

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é uma comissão interna, formada por um grupo de trabalho multiprofissional, com cinco integrantes: Um coordenador, um representante do pessoal técnico-administrativo, um representante do corpo docente, um representante do corpo discente e um representante da sociedade civil, todos pertencentes à comunidade da Universidade Ibirapuera.

A finalidade da comissão é coordenar a pesquisa determinada pelo Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior – SINAES – e fazer o levantamento e acompanhamento constante do desempenho da Universidade Ibirapuera, na área do ensino nos níveis de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão e na área de administração da instituição.

A CPA visa tornar a auto avaliação da Universidade Ibirapuera uma ação permanente, incentivando a participação de discentes, docentes e funcionários. Divulgar seus resultados e fornecer à Universidade Ibirapuera informações sempre atualizadas. Desta forma facilitando as ações necessárias que ocorrem em função de novas tendências e anseios da comunidade da Universidade Ibirapuera.

Missão

Oferecer soluções inovadoras e sustentáveis, comprometidas com a educação e valorização do ser humano, propondo-se a atender os anseios das pessoas e organizações no mundo globalizado.

Ação

Conhecidos os resultados desta autoavaliação, a CPA irá acompanhar de maneira sistematizada, as ações que deverão ser realizadas para endossar as oportunidades e forças encontradas, visando aperfeiçoar o desempenho acadêmico e administrativo da Universidade Ibirapuera.

Visão

Constituir-se como organização de excelência, geradora e disseminadora de conhecimentos, possibilitando múltiplas e relevantes aprendizagens para pessoas e organizações, consolidando a evolução e ampliação da educação, bem como a cultura empreendedora e as inovações tecnológicas no cenário nacional.

UNIVERSO PESQUISADO

O universo convidado, na época, foi de 2814 pessoas. Desse total, 1739 preencheram o questionário padrão disponível na internet, o que representa 61,8% dessa população de alunos regularmente matriculados para que a Universidade Ibirapuera possa conhecer melhor a sua comunidade como um todo.

O QUE A PESQUISA REVELOU

A autoavaliação de 2018 indicou, num cenário de mudanças e transformações, que a Universidade Ibirapuera apresenta boa imagem institucional e um avanço na infraestrutura da IES. Além disso, o universo pesquisado pontua como excelente a responsabilidade social que a Universidade Ibirapuera disponibiliza à comunidade externa e interna. Vale ressaltar que a Universidade oferece serviços de odontologia, atendimento jurídico, de fisioterapia e psicológico. A pesquisa também revelou que a Instituição possui planejamento estratégico sistematizado e integrado, o que significa uma melhoria constante na conscientização da população acadêmica quanto às ações, melhorias implementadas na IES.

Os resultados apresentados nesta pesquisa mostram que as metas sugeridas em relatórios anteriores foram alcançadas e apontam importantes contribuições para o aperfeiçoamento da instituição, direcionando rumos e correções a serem empreendidos, uma vez que, expressam as sugestões das demandas e anseios de toda a comunidade acadêmica. Verifica-se por estes resultados atuais, que elas tem sido efetivas e estão sendo percebidas pelos discentes.

PERFIL DOS DISCENTES

De todos os discentes, cerca de 38,6% têm a idade entre 17 e 28 anos, cerca de 66% são solteiros e quase 89% da Região Sul da cidade d e São Paulo, como a UNIB. Observa-se, contudo, que 77% trabalham na região da UNIB, apontando que o ensino continuado e o fácil acesso ao campus possibilita o desenvolvimento da carreira profissional. De maneira semelhante, os discentes são provenientes do ensino médio regular (80,9%).

CONCLUSÃO

A CPA considera que houve um avanço significativo no processo de autovaliação a partir da sua reestruturação. Este relatório traz novos elementos, antes não avaliados, e significa um diagnóstico que direcionará as ações futuras da autoavaliação na UNIB. Espera-se que os resultados apresentados se configurem como um instrumento para as ações de todos os atores que estão envolvidos direta e indiretamente com a Universidade. Cabe ainda destacar que a Avaliação Institucional é um dos instrumentos que objetiva permitir a reflexão da instituição sobre o planejamento na melhoria da qualidade, democratização e transparência institucionias. Os resultados não devem contribuir para uma visão que leve em conta apenas o aspecto quantitativo, mas sim as especificidades de demanda dos cursos e da comunidade acadêmica, transformando-se em um permanente processo de debate, desenvolvimento e amadurecimento institucional. Finalmente, espera-se contribuir de forma efetiva para o desenvolvimento da avaliação e da gestão institucionais preocupadas com a formação de profissionais competentes tecnicamente e, ao mesmo tempo, éticos, críticos, responsáveis socialmente e participantes das mudanças necessárias à sociedade.