Série 50 anos | Quando nasceu o nosso “País Tropical”?

Autor(a):

A partir de hoje, damos início a uma série recheada de curiosidades em nosso blog. Com o auxílio dos temas das atividades de Pedagogia para o Ensino Responsável, evento que acontece dia 23 de novembro (sábado), vamos celebrar as cinco décadas da Universidade Ibirapuera com um remember de músicas e artistas que há 50 anos deixavam uma marca na história cultural do nosso país.

Acompanhe a gente nessa viagem no tempo!

O criador

O carioca Jorge Duílio Lima Meneses, mais conhecido como Jorge Ben Jor, detentor da Ordem do Mérito Cultural (OMC), pode ser considerado um arquiteto da música brasileira. Suas composições conversam com a identidade nacional, principalmente por trazer elementos já conhecidos do nosso povo. Com mais de 50 anos atuando na música, ele conseguiu reunir mais de 30 discos, incluindo os shows gravados ao vivo. Passeando por MPB, samba rock, samba jazz e, claro, samba funk, o nosso artista continua conquistando corações, especialmente o de outras personalidades, como Caetano Veloso e Gilberto Gil.

A música

“Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza!”

Escrita por Ben Jor em 1969, justamente no ano de inauguração da Universidade Ibirapuera (não esqueça esse ano!), a música “País Tropical” foi um sucesso instantâneo. Ela é considerada a “grande sacada” da carreira do artista, integrando o álbum intitulado “Jorge Ben” e lançado no mesmo ano. No trecho acima, por exemplo, observamos a “identidade nacional” já mencionada. Não apenas numa questão subjetiva do compositor, mas também em uma perspectiva geográfica, já que nosso território encontra-se em uma faixa intertropical.

As versões

“Em fevereiro tem carnaval. Eu tenho um fusca e um violão. Sou Flamengo, tenho uma nêga chamada Tereza.” 

Falar de “País Tropical” é mencionar suas inúmeras versões. Além das primeiras gravações de Wilson Simonal e Gal Costa, uma garimpada pelo YouTube nos apresenta a composição de Ben Jor nas vozes de Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Claudia Leitte, Seu Jorge, Shakira e muitos outros grandes artistas, sem deixar de mencionar, é claro, as versões realizadas por fãs, homenagens que acontecem até hoje.

A importância

“Eu posso não ser um band leader, mas assim mesmo, lá em casa, todos meus amigos, meus camaradinhas, me respeitam.”

Em 1969, ano de surgimento da canção “País Tropical”, o Brasil vivia a ditadura militar e o tropicalismo, um movimento cultural que Ben Jor apoiava e representava, justamente ao lado de nomes já conhecidos, como Caetano Veloso, Os Mutantes e Gilberto Gil. A música marcou uma época e, principalmente, muitas vidas. Vamos a um desafio? Fale com um parente que viveu intensamente o final dos anos 60 e, com toda a certeza, ele vai recordar de muitas canções, sendo que uma delas nasceu da mente do nosso carioca Jorge Ben Jor.

O Ensino Responsável 2019…

A música “País Tropical” faz parte do repertório que será apresentado pelos alunos de Pedagogia no Ensino Responsável 2019. Sob supervisão da Prof.ª Kelly Marques, a abertura intitulada “50 anos da Unib através da música” vai contar com as turmas do 3º e 4º semestre do curso.

Além de proporcionar uma viagem no tempo e a apreciação da boa música brasileira, a atividade lúdica será uma ótima forma de integrar a comunidade. Lembrando que pesquisas, materiais da época, banners e cartazes estarão expostos perto do anfiteatro.

Confira a programação completa:

Ensino Responsável

Serviço:

Ensino Responsável 2019
Atendimentos e atividades gratuitas à comunidade 
Data: 23 de novembro (sábado)
Horário: 9h às 12h
Telefone: (11) 5694 7900
Local: Av. Interlagos, 1329 – 4661-100

Conheça os diferenciais do nosso curso e inscreva-se já:

Pedagogia

#insta
#facebook
Copyright © Todos os Direitos Reservados - Universidade Ibirapuera