Tudo sobre o Auxílio Emergencial

Autor(a):

Entre a série de medidas adotadas pelo Governo Federal para conter os impactos econômicos e sociais  de coronavírus  está o auxílio emergencial. O valor do auxílio varia entre R$ 600,00 e R$ 1.200,00, sendo que este último valor será destinado a famílias nas quais a mãe é a única responsável pelas despesas. Já o valor de R$ 600,00 é destinado a  aos trabalhadores informais microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados por três meses.

De acordo com a Caixa Econômica federal, devido ao elevado número de inscritos para receber o benefício, o pagamento será realizado de acordo com a data de nascimento, conforme determina o calendário de pagamentos. Mas se você ainda está meio perdido nessa história toda, sem saber se tem direito ou não, como fazer para receber, etc. Nós trouxemos um passo a passo que vai esclarecer esses pontos.

Quem tem direito ao benefício?

Quem tem mais de 18 anos e esteja desempregado ou exerça uma atividade profissional como microempreendedor individual (MEI), trabalhador informal (sem carteira assinada) direito ao auxílio, caso sua renda mensal não ultrapasse meio salário mínimo, o que equivale a R$ 522,50. A renda familiar total também não deve ultrapassar R$ 3.135,00, que equivale a 3 salários mínimos.

Os cidadãos empregados com carteira assinada (CLT), quem estiver recebendo Seguro Desemprego, pensionistas do INSS (ou seja, quem recebe aposentadoria ou  recebe qualquer outro auxílio do governo federal, exceto o Bolsa Família, não têm direito ao auxílio. Se você recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018 na declaração do Importo de Renda também não tem direito ao benefício.

Quem recebe o Bolsa Família tem um calendário diferente para o recebimento do benefício, confira:

Quinta-feira, 16/4 – beneficiários com o NIS de final 1

Sexta-feira, 17/4 – beneficiários com o NIS de final 2

Segunda-feira, 20/4 – beneficiários com o NIS de final 3

Quarta-feira, 22/4 – beneficiários com o NIS de final 4

Quinta-feira, 23/4 – beneficiários com o NIS de final 5

Sexta-feira, 24/4 – beneficiários com o NIS de final 6

Segunda-feira, 27/4 – beneficiários com o NIS de final 7

Terça-feira, 28/4 – beneficiários com o NIS de final 8

Quarta-feira, 29/4 – beneficiários com o NIS de final 9

Quinta-feira, 30/4 – beneficiários com o NIS de final 0

Como faço para solicitar?

Se você percebeu que tem direito ao auxílio, o próximo passo é fazer a sua solicitação. Caso você já esteja cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), ou receba o Bolsa Família, essa etapa acontece automaticamente, então pode pular este passo. Entretanto, se você não possui nenhum desses cadastros, mas que têm direito ao dinheiro, deve se cadastrar no aplicativo para Android ou IOS, ou diretamente no site da Caixa.

Seu cadastro ficará em análise e o resultado da solicitação fica sempre disponível para consulta no app ou site. Com a confirmação do Cadastro, os usuários que não possuírem uma conta na Caixa ou no Banco do Brasil receberão um código que libera o acesso a uma nova conta.

 

Quanto tempo demora para receber?

O calendário de pagamentos foi definido de acordo com o mês de nascimento. no dia 30 de abril e a terceira no dia 29 de maio. O calendário completo pode ser conferido no site da Caixa. O calendário de saques foi estabelecido para evitar aglomerações em bancos e lotéricas. As datas em que o saque do auxílio é permitido para cada um são:

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

4 de maio – nascidos em setembro e outubro

5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

#insta
#facebook