Confira dicas de como poupar dinheiro utilizando a Educação Financeira!

Autor(a):

Como poupar dinheiro

Sabemos que poupar dinheiro mensalmente não é uma tarefa fácil, mas isto é necessário para se conquistar coisas e ter uma vida financeira estável. Portanto, essa tarefa exige um estudo que te ajudará muito, que é a Educação Financeira.

Por algum acaso você já ouviu falar ou sabe o que é? Sabe como funciona? 

Se suas respostas a essas perguntas forem não, nem se preocupe. Pois nós da Universidade Ibirapuera (UNIB) vamos te explicar tudo sobre esse assunto, mostrar a importância da Educação Financeira, e ainda te dar dicas para poupar dinheiro, principalmente nessa época de pandemia, uma época que anda sendo bem difícil para muitos, principalmente na questão financeira.

Então vamos começar…

A educação financeira, segundo a ENEF (Estratégias Nacional de Educação Financeira): Trata-se do processo no qual os indivíduos melhoram a sua compreensão em relação ao dinheiro e produtos com informação, formação e orientação. Nesse sentido, geram-se os valores e as competências necessárias para se tornarem mais conscientes das oportunidades e riscos envolvidos. Para assim poderem fazer escolhas bem informadas.”

De uma maneira mais simples, podemos dizer que o conceito de educação financeira, uma nova modalidade de aprendizado, é muito mais do que apenas saber economizar o dinheiro, tem a ver com organizar e entender as finanças, saber o quanto ganha e gasta, planejar as contas e pensar no futuro visando o bem estar.

Ela envolve também a consciência em questionar se o produto que você quer comprar é indispensável para aquele momento ou não, ou seja, o corte de gastos desnecessários, e a economizar, investir, elaborar orçamentos para a família, poupar e decidir onde aplicar o que poupou.

E não é à toa que vem sendo muito defendido, que a educação financeira deve ser ensinada durante a escola, e que a falta desse ensino pesa muito em nossos hábitos na hora de consumir ou poupar.

Existem alguns pontos que são importantíssimos para se levar em conta na Educação Financeira na hora de poupar dinheiro, são eles:

Orçamento

Um orçamento quando bem elaborado, permite uma estabilidade financeira. Pois ele é como se fosse uma lista contendo o quanto você ganha, com o que pretende gastar, guardar em uma poupança, valor das contas fixas a pagar.

Organize seu orçamento com base em metas traçadas para o mês, indicando o rendimento obtido e os objetivos de poupança para o futuro.

Poupança

A poupança é o que você pode  economizar agora, tendo rendimentos no futuro. Isso deveria ser uma atividade que todos deveriam fazer, pois poupar é uma prioridade para se alcançar uma estabilidade financeira.

Ela pode, por exemplo, ser utilizada para alguma emergência ou para a compra de algum produto. Mas também pode ser feita por um período mais longo, como a compra de um imóvel ou até para ter um dinheiro a mais depois que se aposentar.

Taxas de juros

Entender sobre taxas de juros nos ensina a poupar para investir, mas também para consumir. Pois para gastar o que poupamos no futuro, é preciso guardar dinheiro onde ele vai render.

Por isso é importante que você invista seu dinheiro em algum ativo do mercado financeiro. Pois funciona assim, quem possui recursos em excesso empresta a quem precisa deles hoje, que os devolve com uma quantia adicional, ou seja, os juros.

Portanto, na hora de financiar um carro ou uma casa leve em consideração a taxa de juros, pois as vezes os juros são tão altos, que compensa mais você guardar dinheiro para comprar mais pra frente, tanto o imóvel quanto o automóvel.

Crédito

O crédito é, nada mais nada menos, que a reputação que se tem no mercado e uma quantia a que você tem direito e possa emprestar. E para que você faça financiamentos e empréstimos, por exemplo, a empresa irá analisar seu crédito, e caso ele seja baixo você pode nem conseguir realizar a ação, ou terá a taxa de juros muito alta. 

Por isso é muito importante não contrair dívidas, pois elas podem acabar com seus créditos. Aqui vale a pena também se questionar a respeito de se realizar empréstimos, pois normalmente eles têm taxas de juros muito altas. Analise se esses juros não irão te afetar futuramente.

Impostos

Os impostos são outro ponto que devem ser levados em consideração na hora de decidir a compra ou na hora de adquirir algo. Pois, estão inclusos em quase tudo o que pagamos e até mesmo em nossos investimentos.

Um exemplo são as aplicações financeiras, que são isentas do imposto de renda, ou seja, você não irá pagar por ela.

Mas, para aprender bem como aproveitar as finanças é necessário aprender sobre o funcionamento dos impostos. E estudar sobre o imposto de renda já é uma boa forma de fazer isso.

 

Lendo até aqui você já deve ter entendido mais ou menos a importância da Educação Financeira, certo? Quer ver se isso que você pensou está certo?

Confira alguns benefícios que o uso da Educação Financeira gera:

  • Sociedade com uma economia equilibrada;
  • Taxa de juros menores;
  • Créditos mais altos;
  • Capital produtivo;
  • Independência financeira;
  • Qualidade de vida;
  • Livramento de dívidas;
  • Se tornar bem sucedido;

Gostou dos benefícios e já quer começar a envolver a Educação Financeira no seu dia a dia? 

Veja 4 dicas indispensáveis da educação financeira para poupar dinheiro!

Dica 1

Ganhe, economize e invista. Isso é complicado? É, porém, existem 3 passos que vão te ajudar muito:

Quando receber seu salário, pague todas as suas contas, e caso tenha dívidas negocie e as parcelas para se encaixarem na sua renda.

Guarde uma parte do dinheiro que restar para usar durante o mês.

Com a outra parte que sobrar, invista.

Dica 2

Estipule suas metas, pois criando um objetivo será mais fácil de você economizar, e ainda por cima multiplicar seu capital.

Por exemplo, se você quer sair do aluguel e comprar uma casa, e precisa da entrada, você pode fazer um investimento de médio prazo, e começar a guardar seu dinheiro, ou até mesmo investir, para render mais.

Dica 3

Entenda a importância de respeitar seu dinheiro, pois ninguém mais que você sabe o quanto é duro ganhá-lo, então não fique pensando que você tem que ganhar mais, ou fazer algo para ter uma renda extra. Pense em poupar aquele dinheiro que você gasta com coisas bobas e desnecessárias, que aí eu tenho certeza que vai sobrar mais dinheiro no final do mês.

Dica 4

Tenha em mente quanto ganha e quanto gasta, esse é um passo indispensável para quem quer economizar. Pois fará com que você não crie dívidas e saiba até onde pode ir com seus gastos.

Para colocar em prática, crie uma planilha com os salários, os gastos no cartão de crédito e as contas fixas como o aluguel, água, luz, mercado e internet. Para que fique mais fácil de controlar o dinheiro. 

E aí, o que achou das nossas dicas? Gostou?

Se você curtiu esse tipo de conteúdo, acesse o nosso blog, pois lá você irá conferir diversas dicas que te ajudarão no seu dia a dia!

Aproveite e não deixe de acessar. Esperamos você por lá!

 

#insta
This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.
#facebook