Está sem ânimo para os estudos EaD? Confira as nossas dicas!

Autor(a):

Estudar a distância não é tarefa simples, ainda mais com a pandemia da COVID-19 em que o ensino remoto virou a única alternativa  para dar continuidade ao aprendizado.

A modalidade EaD exige muito do aluno. Estudando em casa ou em outro local que não seja a sala de aula, distrações podem surgir, ou até mesmo a dificuldade em administrar horários de estudos. Tudo isso pode acarretar um baixo desempenho!

Sabendo as dificuldades que existem, mas também levando em consideração as muitas vantagens, o blog da Universidade Ibirapuera preparou para você algumas dicas para não perder o ânimo!

Leia mais:

Saiba como melhorar seu rendimento no EaD

Como funciona o estágio no EaD?

Quer praticidade e ensino de qualidade? Tudo isso você encontra no EaD

Saiba como escolher o melhor curso EaD para você

Conheça os cursos EaD que mais ganham alunos

Faça uma graduação EaD e economize

Confira vantagens de ser aluno EaD

Você sabe qual seu modo mais fácil de absorver informações, certo? Então, crie seu próprio método de estudos e determine suas metas!

Muitas pessoas são mais auditivas, ou seja, absorvem melhor o conteúdo escutando. Então, se você é assim, não adianta passar horas e horas na frente dos livros, pois não estará se sentindo confortável e, consequentemente, não terá 100% de aproveitamento em sua aprendizagem. Mas resolver essa questão é super fácil. Preste atenção em você, e busque entender o que vai funcionar. E com isso terá mais benefícios e sua motivação estará nas alturas.

Após achar seu método e aplicá-lo, agora é hora de estipular sua metas. Elas dão foco e objetivo, sendo uma boa maneira de não perder o interesse e desistir rapidamente dos estudos.

Trace metas de todos os tipos, de curto, médio e longo prazo e, ao fim dessas metas, presenteie a si mesmo. Esse agrado ajuda você a absorver o conteúdo com outros olhos e sem perder o ânimo, o que é melhor ainda.

Tenha um local apropriado para estudar

Uma coisa que atrapalha os estudos no EaD é o local onde você desenvolve suas tarefas. Logo, se você estiver em um ambiente com muito barulho, movimentação ou qualquer outro elemento que atrapalhe a concentração, fica muito difícil não procrastinar.

Outra questão também é não estudar deitado em uma cama ou escorado em um sofá, pois é aí que o sono bate e a vontade de dormir é maior que tudo.

Você sabia que as distrações são grandes vilãs de quem estuda em casa, principalmente no momento que estamos vivendo? É muito fácil deixar os estudos de lado por uma notificação no celular, um programa interessante na televisão ou pela vontade de assistir a sua série preferida.

Por essa razão, encontre um local silencioso, arejado e aconchegante. Assim, você aumenta sua vontade de estudar. Mas não esqueça: silencie o celular, deixe a televisão desligada e converse com outros moradores da sua casa para que eles tentem não incomodar. Essas atitudes vão contribuir para a sua concentração e trarão mais qualidade para seus estudos!

Monte um cronograma com seus horários e afazeres

Definir horários de estudo também contribui para que o hábito seja criado e mantido, mesmo em meio às adversidades que a pandemia traz. Descubra em quais períodos seu rendimento é melhor, pois é mais inteligente estudar à noite, por exemplo, se nesse momento sua concentração é maior.

Essa estratégia é uma forma de combater a procrastinação e o desânimo. Quando a pessoa não tem um horário definido, deixa essa atividade para depois e, muitas vezes, nem realiza o que foi planejado. Portanto, criar um cronograma ajuda a manter a frequência e a qualidade dos estudos.

Apenas tome cuidado para não estabelecer horários muito rígidos ou extensos, pois eles também prejudicam a qualidade desse momento. Portanto, as pausas são fundamentais para que não exista desgaste, estresse ou ansiedade. Faça da sua saúde mental uma prioridade!

Diante disso, organize sua rotina e valorize os períodos de descanso, dando tranquilidade para a sua mente e corpo, sem deixar de cumprir seu cronograma de estudos.

Utilize a tecnologia a seu favor

Com certeza seus colegas também estão passando pelo mesmo que você. Dessa forma, busque interagir o máximo possível com eles, sendo pelas redes sociais, como WhatsApp, Instagram, Facebook, Twitter, ou através da plataforma de seu curso, seja entrando em fóruns, chats ou outras ações disponíveis para conversar sobre a situação ou apenas para entender cada vez mais o Ambiente Acadêmico Virtual.

Outra maneira de utilizar esses recursos tecnológicos é assistindo conteúdos educativos em canais do YouTube e outros materiais que qualificam seus estudos.

E aí, o que achou das nossas dicas? Elas ajudaram você a ter mais motivação?

Esperamos que sim, mas sentiu que está faltando algumas coisa? Aí vem uma dica de ouro:

Lembre dos motivos que levaram você a começar a estudar. Desistir até pode parecer a melhor solução no momento, mas lembrar o que você passou e todas as suas conquistas até chegar onde está, e imaginar onde você vai parar, aí é a motivação principal para continuar!

Esperamos que com essa dica de ouro você não desista dos seus sonhos! 

A Universidade Ibirapuera pode ajudar você. Acesse o nosso blog ibirapuera.br/blog e confira inúmeras matérias sobre o EaD!

#insta
This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.
#facebook