Movimento armorial – iniciativa de Ariano Suassuna

Movimento armorial – iniciativa de Ariano Suassuna

O autor paraibano Ariano Suassuna faleceu no dia 23 de julho de 2014. Criador de belos textos, peças teatrais, participante de aulas-show em órgãos diversos e grande entusiasta da cultura popular nordestina, Suassuna criou o Movimento Armorial como forma de ressaltar as diferentes apresentações culturais expressivas do Nordeste.

O movimento foi lançado nos anos 1970, com a participação de Suassuna e outros artistas nordestinos. Teve início em âmbito universitário, com o apoio da Universidade Federal de Pernambuco e, logo depois, da prefeitura de Recife e da Secretaria de Educação de Pernambuco.

O termo “armorial” refere-se a brasões e, como explicou Ariano, é um nome que indica o desejo de ligação da nobreza com uma arte popular. O Movimento Armorial englobava as áreas da pintura, música, literatura, cerâmica, dança, escultura, tapeçaria, arquitetura, teatro, gravura e cinema.