Você sabia que a arquitetura tem um grande impacto social?

Autor(a):

Pois é, um arquiteto nunca faz um projeto sem pensar no que será construído quanto às dimensões do espaço, de como será a circulação de ar, as entradas de luz, qual será o posicionamento dos cômodos etc.

O trabalho de um arquiteto afeta nossa vida em sociedade. Você faz ideia de como isto acontece? Mesmo que seja um assunto familiar para você, fique ligado na leitura e no que vamos te mostrar!

Antes de prosseguirmos, você sabia que a Unib oferece o curso de Arquitetura e Urbanismo?

O curso é oferecido apenas na modalidade presencial e no período da noite, com a duração de cinco anos. E seu polo está localizado na Av. Interlagos, 1329 – 4º – Chácara Flora.

Se ficou interessado, aproveite para acessar o nosso site e conferir mais sobre o curso e como funciona para ingressar na instituição.

Continuando…

Os locais por onde passamos afetam nossos sentidos de várias maneiras. As cores e arquitetura desses locais nos estimulam, trazem conforto, despertam sensações, sejam eles nossa casa, restaurantes, hospitais, escolas, academias, baladas, faculdades, enfim, todos os lugares que costumamos frequentar despertam nossos sentimentos e emoções.

E, por isso, os arquitetos se preocupam com a harmonização desses ambientes, o que leva ao bem estar da sociedade. Uma maternidade, por exemplo, deve ser pensada para ter um design acolhedor, pintada com cores calmas que possam tranquilizar a mãe na hora do parto.

Quando um arquiteto faz o planejamento de uma obra, ele pensa em muitas coisas: a que público se destina, qual a funcionalidade do espaço, qual sua estética, que sentimentos despertam nas pessoas que a veem, que nela trabalham ou habitam. Enfim, não é uma tarefa simples, são várias questões a se pensar.

Neste contexto, um arquiteto urbanista ao projetar um bairro, por exemplo, deve levar em consideração o interesse coletivo, acima do interesse pessoal.  Ao fazer essa projeção é necessário focar nas necessidades da região, nas pessoas que moram ou que irão morar nele.

Dessa forma, ele deve pensar na construção de espaços públicos, como parques, parquinhos, academia ao ar livre, ruas que permitam o trafego de pedestres de maneira segura e de fácil acesso, e de como será a interação da comunidade entre centros comunitários, academias e igrejas.

É importante lembrar que passamos mais tempo em ambientes fechados do que na rua. Nós nascemos em hospitais, vivemos em casas ou apartamentos, estudamos em escolas e universidades, torcemos nos estádios, frequentamos restaurantes, bares, boates, entre outros. Por isso, é ideal que nos sintamos bem e confortáveis em todos esses locais.

Mas e aí, já deu para ter uma ideia da importância de um arquiteto e qual sua função dentro da sociedade? Vamos falar mais um pouco sobre isto!

O arquiteto tem a função de criar espaços internos adequados e elaborar edifícios que despertem a atenção das pessoas, em relação ao formato e aos elementos constituintes da construção. Como as janelas, portas, sacadas, entrada de circulação de ar etc.

Esses profissionais são catalisadores nas transformações e anseios de uma sociedade. Ao arquiteto cabe a responsabilidade de planejar todos os lugares que as pessoas frequentam durante a vida. Ou seja, na hora de planejar, eles precisam perceber o impacto que causam no bem estar humano.

Outra função do arquiteto é humanizar as construções, transformando espaços de cimento ou matérias brutas em lares acolhedores, onde as pessoas se sintam confortáveis e onde possam ver-se refletidas nos seus gostos e personalidades. Percebendo que seu estilo pessoal pode ser encontrado nas cores e formas ou em vários outros detalhes captados pelo arquiteto ao elaborar a construção.

A importância de um arquiteto para a sociedade

A importância dos arquitetos e urbanistas na formação de cidades e espaços construídos é primordial para a sociedade. Sabemos o quanto os ambientes nos afetam física e psicologicamente. Neste contexto, sabemos que não é à toa que existem algumas cores que são indicadas para promover o relaxamento e diminuir a ansiedade, como as cores claras que são utilizadas para quartos e salas de estar de hospitais, salas de psicólogos, ou de locais que necessitam de tranquilidade.

Um arquiteto é importante porque ele cria estruturas que surpreendem e animam as pessoas, fazem uso do espaço e de materiais que podem inspirá-las, despertar-lhes a curiosidade, acalmá-las, ampliando seus horizontes e sensação de bem-estar.

Um arquiteto urbanista ao idealizar casas populares também viabiliza o conforto e proteção a famílias de baixa renda, contribuindo assim para o bem estar de toda a sociedade.

Também passa pela função social dos arquitetos urbanistas projetar construções que possibilitem o desenvolvimento social e econômico. Tais como as creches, escolas, centros de comércio, praças e ginásios.

Enfim…

Como foi possível observar, o arquiteto não serve apenas para fazer um projeto bonito, mas também para transformar a autoestima e qualidade de vida das pessoas que vivem e interagem com essas construções.

Então, se você quer uma profissão como essa, que transforma o dia a dia das pessoas, aproveite e se inscreva no vestibular da Unib!

Acesse também o nosso blog e confira nossas dicas, pesquisas e informações sobre graduação, pós-graduação e muito mais!!!

#insta
This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.
#facebook