Uma graduação EAD, é valorizada pelo mercado de trabalho?

Autor(a):

Está interessado em ingressar em uma graduação na modalidade EAD, mas está em dúvida se é ou não algo valorizado no mercado de trabalho?

Pois saiba que o EAD está crescendo cada vez mais no Brasil e hoje já existem diversas instituições de ensino conceituadas que oferecem esse tipo de graduação.

Por isso, confira na matéria a seguir tudo sobre a modalidade EAD e como ela é vista pelo mercado!

Leia mais:

 

Uma graduação EAD, é valorizada pelo mercado de trabalho?

Não é nenhum exagero dizer que a rotina nos cansa, não é mesmo? Temos muitas obrigações e, às vezes, parece que as 24 horas do dia não são suficientes para cumpri-las.

As coisas ficam ainda mais complicadas quando o assunto é a especialização, pois com tudo tão corrido, como incluir os estudos nessa rotina?

Porém, muitas pessoas já estão conscientes de que existe a necessidade de se qualificar e estão em busca dessa realização.

Nesse sentido, a educação a distância abriu portas e mostrou novas possibilidades para quem não tinha condições de frequentar uma faculdade presencial, principalmente em razão da falta de tempo.

Grande parte dos alunos EAD já tem uma rotina profissional e buscam uma flexibilidade para conciliar estudos e trabalho.

Além disso, em um curso a distância, o estudante tem menos custos, tanto na mensalidade quanto em relação aos gastos com transporte, alimentação e material.

É nesse ponto que o ensino a distância vem se tornando um diferencial na vida das pessoas. Quem estuda dessa forma pode ler em qualquer lugar: pelo smartphone ou computador com internet à disposição.

Ou seja, tendo a flexibilização de horários muito mais tranquilos, tudo baseado na sua própria rotina.

Atualmente, neste modelo de graduação, existem plataformas modernas, tutores qualificados e videoaulas para que o aluno aprenda com mais facilidade.

Mas a graduação EAD é de fato valorizada pelo mercado de trabalho?

Aposto que essa é uma dúvida que tenho certeza que você e outros estudantes possuem.

Será que a inserção dos profissionais com diploma EAD no mercado de trabalho também são valorizados?

Ou então, se os graduados na educação a distância têm o mesmo diferencial competitivo que os diplomados no modelo presencial?

Saiba que a resposta para essas perguntas é SIM! Afinal, de acordo com os empregadores, os cursos EAD são aceitos tanto quanto os presenciais.

Não há diferenças no valor do diploma de ambos para o mercado. Isso porque, no diploma não consta em qual a modalidade foi cursado, ou seja, se é presencial ou EAD.

Além disso,  isso não diferencia nem na qualificação geral do profissional! O que conta é a comprovação das competências técnicas e comportamentais.

Pensando nisso tudo, vamos mostrar para você como os recrutadores e gestores de grandes empresas veem a formação a distância. Também, se ela pode trazer os mesmos benefícios de um curso presencial para a carreira de seus alunos.

Ainda há preconceito no mercado de trabalho com quem faz EaD?

Sabemos que todas as novidades enfrentam uma certa resistência. Por isso, quando os cursos a distância começaram a ser implantados no Brasil, realmente havia uma desconfiança do mercado em relação a eles.

Mas, com o tempo, essa situação mudou bastante. Tanto a regulamentação do governo, quanto o desempenho dos profissionais nas empresas em que atuam mudaram essa visão, fazendo com que hoje esses certificados sejam aceitos.

O primeiro fator para essa mudança foi a regulamentação. Um decreto do Ministério da Educação (MEC) estabeleceu que os cursos EAD precisam ter a mesma duração de um curso presencial.

Além disso, as instituições precisam cumprir os critérios estabelecidos nos Referenciais de Qualidade para a Educação a Distância. Assim, o conteúdo oferecido ao aluno deve ser profundo e suficiente para prepará-lo para os desafios do mercado.

No ensino a distância o aluno estuda sozinho, e pra isso é preciso ter o dobro de comprometimento e interesse pelos estudos, justamente porque o aprendizado depende muito mais do próprio estudante do que dos professores.

E com isso, são desenvolvidas certas habilidades que compõem um perfil profissional muito bem visto pelo mercado de trabalho.

Consequentemente, essas habilidades foram chamando atenção dos empregadores.

A lista das habilidades é enorme, você tem ideia quais são elas?

Se não tem e é curioso, leia a seguir a lista com essas características de um aluno EaD no mercado de trabalho:

Organização

Por não estar presencialmente na instituição todos os dias, é necessário que o aluno tenha uma rotina bem organizada.

Quando estamos em casa, às vezes temos a tendência de relaxar, ainda mais depois de um dia estressante. E por você determinar seu ritmo de estudos é indispensável organizar a rotina e fazer uma boa gestão do tempo.

Pois você terá que administrar os diversos compromissos diários, atividades do trabalho, da faculdade e da vida pessoal, e respeitar o período dedicado às tarefas acadêmicas.

Proatividade

É a capacidade de se antecipar e encontrar alternativas diante de situações complexas, é agir com antecedência, não esperar acontecer para resolver! E essa é uma das competências mais valorizadas no cenário profissional.

O aluno EaD desenvolve essa habilidade por conta dele precisar tomar iniciativa, procurar diferentes respostas e solucionar problemas com o mínimo de auxílio possível.

Por exemplo, o estudante EAD precisa ser proativo para ampliar seu aprendizado e buscar múltiplas fontes de informação, além do conteúdo disponibilizado na plataforma de ensino.

Domínio de tecnologias

O aluno EAD utiliza a tecnologia para fazer o curso. Ele está acostumado a assistir às aulas pela internet, participar de fóruns, receber material e enviar projetos por meio de plataformas, e assim por diante.

Ele se torna familiarizado com uma série de recursos e até mesmo descobre novas maneiras de utilizá-los em seu trabalho. Isso o torna um profissional capacitado a enfrentar os desafios de um mercado no qual as atividades são cada vez mais virtuais.

Disciplina e foco

Comprometimento, foco e concentração são elementos que fazem parte do dia a dia de uma pessoa disciplinada, que se preocupa com as obrigações e leva a sério seus objetivos.

A pessoa que tem essas características sabe que o sucesso depende muito mais de seu empenho do que de fatores externos.

Esse tipo de postura, voltada para o cumprimento de tarefas e para o alcance de metas é uma característica que contribui para o crescimento em todas as esferas da vida, acadêmica, profissional e pessoal.

E para que todos os dias, o aluno tenha tempo para assistir às videoaulas, ler o material necessário, fazer as atividades, trabalhos e, se for necessário, tirar suas dúvidas com os tutores, ele precisa ser disciplinado, pois deixar tudo pra depois dará tudo errado.

Importante também ter foco, traçar metas e vencer os obstáculos do dia a dia, como trabalhos, cansaço e outras distrações existentes.

Pois lembre que, a especialização é a melhor forma de entrar no mercado de trabalho, crescer na carreira e até conseguir aquele tão almejado aumento de salário.

Autodidatismo

Por conta do estudante ter mais autonomia nos estudos, ele acaba tornando-se autodidata e desenvolvendo a capacidade de aprender por conta própria.

Por isso, nossa dica é: Não fique preso apenas ao conteúdo recomendado, busque sempre o aprofundamento e desenvolva o pensamento de aprender sempre mais.

E aí, viu como a graduação EaD não irá te atrapalhar na hora de ingressar no mercado de trabalho?

Se ficou curioso e quer saber sobre essa modalidade que está crescendo cada vez mais acesse nosso blog: https://www.ibirapuera.br/blog/

#insta
This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.
#facebook